fbpx

Quando e como posso transferir o meu Crédito Habitação

O Crédito Habitação é um “casamento” financeiro de longo prazo. É natural que, ao longo dos anos, surjam oportunidades para melhorar as suas condições, reduzindo os encargos mensais e beneficiar de taxas de juro mais favoráveis.

Neste artigo, veja algumas dicas sobre quando e como pode realizar a transferência do seu Crédito Habitação de forma eficiente, sem custos e sem burocracias.

 

Antes de analisar o processo de transferência é importante avaliar os seguintes pontos para confirmar se, efetivamente, será a melhor opção para si:

 

  • Taxa de juro: Verifique se as taxas de juro são as mais vantajosas para si. Quanto mais baixa for a taxa de juro, maior será a sua poupança ao longo do tempo.
  • Encargos associados: Confirme se os gastos com a avaliação do imóvel, pedido de distrates, custos de uma nova escritura, entre outros, não vão influenciar na transferência do seu Crédito Habitação.
  • Serviços adicionais: na contratação de um Crédito Habitação estão associados serviços adicionais como seguros de vida e multirriscos, domiciliação de ordenado e despesas, entre outros. Confirme que a mudança de instituição financeira não irá trazer piores condições que representem encargos mensais mais elevados.

 

Quando transferir?

 

De modo a conseguir analisar se, efetivamente, é a melhor altura para poder fazer esta mudança deve ter em conta as seguintes situações:

 

  • Quando o banco não oferece vantagens: Caso a sua instituição financeira não ofereça serviços adicionais atrativos ou que não se enquadrem na sua situação atual, deve procurar melhores condições.
  • No fim do período de carência: Se o Crédito Habitação contratado tinha um período de carência e já terminou, será uma boa oportunidade para o transferir e conseguir obter melhores condições e uma prestação mais suave.
  • Quando são alteradas as condições de mercado: As mudanças da taxa Euribor, crises, entre outros fatores, são uma excelente oportunidade para tratar da transferência e evitar ser afetado por estas flutuações de mercado.
  • Quando está com dificuldades financeiras: Se a sua situação financeira não está favorável e está perto de entrar em incumprimento, transferir o seu Crédito Habitação pode ser uma boa solução para poupar na sua prestação mensal ou pedir alguma liquidez adicional e evitar o risco de entrar em incumprimento.

Antes de efetuar este processo, é crucial analisar os custos e as condições que poderá ter, pois existem bancos que podem cobrar comissões e taxas que, no fim de contas, não comepnsam diretamente a vantagem da transferência.

 

Como Transferir?

 

Caso perceba que a melhor opção é transferir o seu Crédito Habitação, deve preparar todos os documentos necessários para este processo, como:

 

  • Documento de Identificação;
  • Comprovativo de Morada;
  • Comprovativos de Rendimento (3 últimos recibos de vencimento);
  • Última declaração de IRS disponível;
  • 3 meses de Extratos Bancários;
  • Mapa de Responsabilidades do Banco de Portugal;
  • Escritura de aquisição do imóvel.

 

Tudo isto, pode ser extremamente vantajoso para si e, nós, enquanto Intermediários de Crédito, ajudamos a encontrar a melhor opção para si com um serviço totalmente gratuito, fazendo com que consiga poupar sem ter trabalho e perder tempo.

 

Com toda esta informação reunida e feitas as contas, está pronto para pedir a transferência do seu Crédito Habitação e poupar mensalmente.

Artigos Relacionados

Sobre
Prémios & Distinções

Vencedores Prémio Cinco Estrelas, pelo 2º ano consecutivo

As suas férias de sonho estão a uma chamada de distância!
Sobre
Crédito Pessoal

As suas férias de sonho estão a uma chamada de distância!

Transferência de Crédito Habitação
Sobre
Crédito Habitação, Dicas financeiras

Transferência de Crédito Habitação: Poupe todos os meses!

Novas medidas habitação Jovens
Sobre
Crédito Habitação, Dicas financeiras

Novas Medidas de Habitação para Jovens

Fale com a Especialista

Crédito
De quanto preciso?
Prazo?
meses